PMU – Janeiro 2023
Fibromialgia: doença é crônica, mas tem tratamento
Saúde

Fibromialgia: doença é crônica, mas tem tratamento

Fibromialgia: doença é crônica, mas tem tratamento

Especialista da Unimed Araxá explica como é feito o diagnóstico e a importância dos exercícios físicos para a qualidade de vida

A fibromialgia atinge cerca de 3% da população brasileira. Segundo o médico reumatologista da Unimed Araxá, Celso José Carneiro Junior, a doença é caracterizada por uma dor difusa, ou seja, por todo corpo, de caráter crônico, da qual os pacientes têm dificuldade de localizar e descrever. “Ela pode ser descrita como uma sensação de peso, dor nos ossos, pontada, queimação, sensação de choque. Está associada à fadiga, alterações do sono (insônia e/ou sono não reparador), dificuldade de concentração e memória, bem como transtornos depressivos e de ansiedade”, diz.

Dr. Celso José Carneiro Junior

A doença acomete preferencialmente o sexo feminino, na faixa etária de 30 a 50 anos. O diagnóstico é sempre clínico. Não existe exame de imagem ou laboratorial que comprove a doença, mas, às vezes, eles são necessários para exclusão de outras. “Apesar de não ter cura, a fibromialgia tem tratamento que pode melhorar o controle dos sintomas e a qualidade de vida dos pacientes. O tratamento deve ser preferencialmente multiprofissional com acompanhamento médico, psicoterápico e de um educador físico”, explica.

A prática de atividade física aeróbica regular (pelo menos 150 minutos por semana) está associada a longo prazo com a melhora no controle da dor, bem como o uso de algumas medicações antidepressivas e anticonvulsivantes. “O tratamento deve ser sempre individualizado e acompanhado de perto”, completa Dr. Celso José Carneiro Junior.

Divulgação

Sobre a Unimed Araxá

Referência no segmento, a Unimed Araxá tem atualmente 200 médicos cooperados nas mais diversas especialidades e conta com mais de 40 mil beneficiários e 650 empresas contratantes nas cidades de Araxá, Ibiá, Campos Altos, Perdizes, Pedrinópolis, Tapira e Pratinha.

A cooperativa iniciou suas atividades em 11 de maio de 1989 para atender ao anseio da classe médica em proporcionar um atendimento digno e ético aos clientes e ampliar o campo de trabalho dos cooperados. Desde 2017 tem seu hospital próprio, que conta com o que há de mais moderno e eficiente na área e que também integra um Centro de Diagnóstico por Imagens e um moderno laboratório de análises clínicas. Mais recentemente inaugurou nas mesmas dependências um moderno Centro de Oncologia. O setor oferece estrutura de quimioterapia para tumores sólidos e tumores do sangue.

Em sua Clínica Multidisciplinar oferece atendimento exclusivo de profissionais como psicólogos, nutricionistas, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos. Junto ao prédio central, oferece ainda equipe integrada e programas de saúde voltados à melhoria de qualidade de vida, promoção da saúde e prevenção de doenças no Espaço Viver Bem.

A rede credenciada de serviços é composta ainda por seis hospitais, 15 laboratórios, 33 clínicas, além de aproximadamente 300 colaboradores de forma direta.

Saúde

Mais notícias da Categoria Saúde

Anvisa aprova volta do uso de máscaras em aviões e aeroportos

Anvisa aprova volta do uso de máscaras em aviões e aeroportos

Portal Uberaba 23/11/2022
Além da estética: lábio leporino pode causar distúrbios respiratórios, de fala e de audição

Além da estética: lábio leporino pode causar distúrbios respiratórios, de fala e de audição

Portal Uberaba 21/11/2022
Telessaúde amplia atendimento diário ao público

Telessaúde amplia atendimento diário ao público

Portal Uberaba 27/07/2022
Uberaba inicia vacinação em crianças de 4 anos com comorbidades contra a Covid-19

Uberaba inicia vacinação em crianças de 4 anos com comorbidades contra a Covid-19

Portal Uberaba 21/07/2022
Saúde incorpora ao SUS medicamento para tratamento de osteoporose

Saúde incorpora ao SUS medicamento para tratamento de osteoporose

Portal Uberaba 21/07/2022
Beneficiário obeso custa R$ 33 mil por ano para a saúde suplementar

Beneficiário obeso custa R$ 33 mil por ano para a saúde suplementar

Portal Uberaba 22/06/2022